All for Joomla All for Webmasters

Reformulação do Programa para 2017

O Programa de Pós-Graduação Strictu Sensu em Ciências Biológicas - PPGCB, foi originalmente criado dentro da câmara de avaliação da CAPES ``Ciências Biológicas I''. Esta câmara na época agrupava cursos de origens diversas, tais como genética, biologia geral, zoologia, botânica, oceanografia, dentre outros. Tal diversidade na câmara vinha dificultando os processos de avaliação criando subcâmaras. Com o intuito de reorganizar algumas área da biologia, em 2011 a CAPES criou uma nova área de avaliação chamada Biodiversidade que englobou a área de Ecologia e Meio Ambiente (que era uma área de avaliação) e trouxe para ela os cursos ligados às subáreas zoologia, botânica e oceanografia que até então estavam dentro da Ciências Biológicas I e abriu a possibilidade de outros cursos de outras subáreas (i.e. Biologia Geral) pudessem também migrar para esta nova área, Biodiversidade, caso fosse mais adequada ao perfil do curso.

Na avaliação trienal 2010, período avaliado de 2007 a 2009, foi recomendado pela comissão de avaliação da Ciências Biológicas I que o PPGCB mudasse sua área de avaliação para a Ecologia e Meio Ambiente devido ao foco principal do programa se concentrar em Ecologia. No entanto, como esta área foi incorporada em 2011 pela nova área de Biodiversidade, o PPGCB migrou neste processo para esta nova área, sendo então, avaliado na trienal de 2013 não mais pela câmara de Ciências Biológicas I mas sim pela nova câmara de Biodiversidade. No entanto, nesta trienal (2013) a câmara de Biodiversidade ainda se encontrava em processo de estruturação o que não permitiu fazer mudanças no programa visando sua adequação. Neste processo, a CAPES alterou o tempo de avaliação, que antes era trienal e passou a ser quadrienal.

Atualmente, o PPGCB se encontra em sua segunda avaliação pela câmara de Biodiversidade, quadrienal 2017 que engloba os períodos de 2013 a 2016. Em 2015 foi realizada uma avaliação de meio tempo onde algumas sugestões para melhoria do programa, de forma a melhor se ajustar à nova câmara, foram encaminhadas. Neste mesmo ano, o PPGCB realizou um fórum de debates onde, além dos professores do programa, foram convidados professores de outros programas relacionados à área de Biodiversidade e a coordenadora adjunta da área Biodiversidade na época. O resultado deste fórum foi a proposta de uma completa reformulação do PPGCB visando uma melhor adequação à área e um doutorado a ser submetido em 2017.

Maiores detalhes sobre as mudanças para 2017 podem ser consultados nos endereços abaixo:

Eventos do BURN

2017

Palestra Pablo Cuevas 19 10 2017



Cartaz II SIES

Programação II SIES



Slide1

Slide2




Seminário BURN Febre amarela
Não tem uma conta ainda? Inscreve-te!

Entre em sua conta